Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog Restart

A Restart é um centro de formação profissional que constitui um espaço único de formação, produção e animação cultural em Lisboa.

Workshop ESCRITA DE ROMANCE AVANÇADA || 12, 19 e 20 de Julho || Formador: João Tordo

 

Dar o passo seguinte na estruturação e escrita de narrativa, com técnicas mais avançadas para a elaboração de romances.


CONTEÚDOS

IMITAÇÃO
- Análise de textos de autores clássicos e contemporâneos.
- Interpretação das pessoas narrativas e compreensão dos pontos de vista.
- A imitação como ferramenta; o solfejo da escrita.
- Exercícios em imitação: do lugar de conforto ao desconforto do não-lugar.
- Exercícios específicos de diálogo, narração, conflito, pontos de viragem e personagens.

ORIGINAL
- Análise de textos originais de escritores anónimos.
- O ponto de partida: originalidade, voz e ponto de vista.
- Do ponto de partida ao ponto de viragem; do ponto de viragem à construção do segundo acto. Do segundo acto ao desenlace; do desenlace ao ponto de partida.
- A voz narrativa como motor da história.
- A história como solfejo da desconstrução.
- A desconstrução como ideia fundadora da originalidade.

PREÇOS
Inscrição: 50€

Prestações
Geral: +150€

Descontos
| 20% alunos/ex-alunos de cursos anuais Restart
| 15% no 2º workshop para inscrições em dois
| 15% Parceiros

Formador|| JOÃO TORDO

Formou-se em Filosofia e estudou Jornalismo e Escrita Criativa em Londres e Nova Iorque. Trabalha como guionista, depois de ter passado pelo jornalismo, tendo publicado, entre outros, n' O Independente, Sábado, Jornal de Letras, ELLE e a revista Egoísta.

Escreveu, em parceria, o guião para a longa-metragem Amália, a Voz do Povo (2008). Foi vencedor do prémio Jovens Criadores em 2001. Publicou seis romances, "O Livro dos Homens Sem Luz" (2004), "Hotel Memória" (2007), "As Três Vidas" (2009), "O Bom Inverno" (2010). “O Ano Sabático” (2012) e “Biografia Involuntária dos Amantes (2014)”.

Venceu o Prémio José Saramago 2009 com o romance "As Três Vidas".
João Tordo é influenciado pela escrita de autores como Edgar Allan Poe, Herman Melville ou Dostoievski, e pela literatura policial e de mistério, construindo narrativas dentro de narrativas (narraception) e absorvendo o leitor através da imersão emocional nas suas histórias.

Mais info aqui